Arquivo da tag: arquitetura

Arte e Arquitetura nos Jardins

Escutar as “aspirações” do lugar é uma das características da boa Arquitetura… Entender a localização, as demandas do morador local, a cultura e história da região e o respeito com  as atividades tradicionais no entorno são fundamentais na elaboração de um projeto…

Os Jardins, um local já  consagrado pelo  tradicional comércio da Rua Oscar Freire, pela gastronomia e pela arte presente em galerias reconhecidas internacionalmente…

Life Style Jardins

… e este foi  o caminho escolhido pelos Arquitetos do mais novo lançamento na região do jardins…” o Alameda Jardins”

É neste cenário, que nasce mais um  empreendimento da Incorporadora Tishman  Speyer , responsável, entre outros por ícones imobiliários como o Rockfeller Center e o Chrysler Building em Nova York.

… um mix de Arquitetura, Arte, Paisagismo e  Sustentabilidade

Em cada espaço, uma referência a arte, ao paisagismo, a qualidade de vida…

Artistas e Galerias Envolvidas :

Com unidades de 91 a 268 m2 , morar no Alameda Jardins é  sinônimo de qualidade de vida…

Ficha Técnica

Para maiores informações e agendamento de uma visita, consulte:

_________________________________________________________________________
screenhunter_1016-nov-01-10-07

RALF(Flavio Westmann) , Engenheiro, Arquiteto e  Consultor Imobiliário…,                                         Cau 29827-1– Creci 106919

Contatos: (11)991378800 

 ralf.consultoria@yahoo.com.br , flavioew.consultoria@gmail.com

_________________________________________________________________________

Se de médico e louco todo mundo tem um pouco, será que de designer, também ?

Por Arq. Flavio Westmann para SerImovel –  28/06/2018

Uma pergunta usando trocadilhos conhecidos,  mas com muita propriedade.   E sabe por que?

Porque, todos nós, seres humanos somos potenciais criadores e de forma consciente ou inconsciente, exercemos esta atividade o tempo todo…

De fato, é esta atividade criativa que nos diferencia dos demais seres. A capacidade de analisar, ponderar, refletir, buscar e propor soluções que resolvam, facilitem, organizem e auxiliem a resolução de questões diversas.

É esta habilidade que permitiu e permite nossa sobrevivência e desenvolvimento, independentemente de condições adversas naturais, ambientais ou sociais…

Seja em soluções práticas no dia a dia ou em questões mais elaboradas aí  está ele… o design.

Com certeza, você irá se lembrar de alguma solução  que criou de modo bastante peculiar para resolver um determinado problema, ainda que, seja a famosa “gambiarra” tão conhecida de nós, brasileiros, bastante criativos e acostumados a driblar tantas adversidades…

Quem nunca usou um pequeno clips, grampo, arame, elástico, fita, etc para solucionar alguma ocorrência ou necessidade mais imediata ? E, em matéria de casa e culinária, então… imagino quantos  “decoradores” , “paisagistas”,  “arquitetos” , “engenheiros” e “chefs” estão por aqui…

Enfim, o processo de design para resolução de soluções mais  complexas não é muito diferente…

O design em seu conceito mais amplo, pode ser visto como um processo que permite elaborar de forma organizada uma série de reflexões sobre um dado problema, que serão devidamente analisadas e estudadas para propor soluções que possam gerar ideias , conceitos, propostas, protótipos e depois serem implementadas de alguma forma, seja através da criação de um objeto, de um desenho ou de um sistema. Pode, ainda, estar voltado para questões totalmente físicas, concretas e materiais  ou permear esquemas mais abstratos como sistemas sociais, culturais e filosóficos.

Somados a estes aspectos a análise do passado e do presente com vistas para o futuro,  estaremos falando, então,  do design como poderosa ferramenta de inovação…

Atualmente, uma ampla corrente de profissionais enxergam no processo do design um caminho bastante palpável para a resolução dos mais variados temas e complexidades da nossa era.

Particularmente, de forma intuitiva,  eu já vinha  estudando desde 1991, ao elaborar um trabalho acadêmico denominado “Arquitetura Holística”*¹ se seria possível resolver questões complexas em arquitetura através de um processo com uma visão mais abrangente. Isso  incluía relacionar questões que ultrapassavam em muito os limites das necessidades mais imediatas para tecer e desenhar uma trama de inter-relações e, que ao final do processo criativo,  resultasse em um desenho capaz de solucionar e englobar a grande maioria das questões levantadas.

Ao longo de minha carreira, também, testei a aplicação deste mesmo processo na solução de questões ligadas a outros setores, que não tinham como finalidade a criação de um objeto físico, como coordenação de vendas, elaboração e treinamentos de equipes e estruturação de negócios e tive resultados muito interessantes.

Atualmente, uma ferramenta denominada “Design Thinking“ *²,  que se aproxima muito desta minha experiência intuitiva profissional com o uso do design na solução de problemas tem ganhado muito destaque no mundo todo.

Acredito que vivemos em uma confluência de mudanças, onde tecnologia, ciência e informação  estão alterando a velocidade e a forma de comunicação e interação entre pessoas e coisas e consequentemente a visão de mundo. Necessitamos de um olhar mais holístico, mais abrangente e mais integrado para solucionar  as questões que este novo mundo apresenta… e o design é uma das ferramenta que tem em seu DNA esta forma de olhar e de análise.

Mas, voltemos aqui, a como nós desenhamos soluções o tempo todo, seja através de uma simples gambiarra com o clips, a criatividade em nossos afazeres domésticos, as soluções em nossas atividades profissionais e  inovações na forma de conviver e sobreviver…

Mais do que nunca, simplesmente por existirmos neste novo mundo integrado, Independentemente da profissão, da atividade, ou de outras questões, somos capazes de criar, alterar e propor novas realidades, que somadas,  alterem desenhos sociais, políticos  e culturais.

E, mais do que tudo, somos designers de nossas próprias vidas, seres pensantes, capazes de elaborar, propor, modificar, intervir, solucionar e inovar…

Então, eu respoderia a pergunta inicial… SIM !!! Se de médico e louco todo mundo tem um pouco, de designer, também.

Arq. Flavio Erwin Westmann para “serimovel”  28/06/2018

Flavio Westmann é Arquiteto, Eng. Civil e Designer em Soluções Holísticas. Gerencia e produz conteúdo para os blogs SerImovel, HolosArquitetura, Cair na Estrada e Sense By Ana Claudia.

Referências:

*1 WESTMANN, Flavio Erwin . Arquitetura Holística. 1993. TGI,Mestrado(F.A.U Mackenzie/USP, São Paulo )

*2  O termo design thinking foi criado pelo designer americano David Kelley, que passou a aplicar a metodologia de trabalho dos designers em todos os aspectos dos negócios de uma empresa. Kelley, fundador da consultoria IDEO e hoje à frente da Escola de Design Thinking da Universidade de Stanford.

Preciso adquirir um imóvel e agora… por onde começo ?

Por Arq. Flavio Westmann para SerImovel – 18/04/2017

comprar-imovel

Após anos envolvido nos mercados de Arquitetura e Imobiliário, acompanhei, infelizmente, várias situações, onde, o cliente, após uma árdua busca, desorientado e impactado pelo forte marketing imobiliário acabou realizando uma aquisição por impulso, a qual, posteriormente se revelou como inadequada às suas “reais” necessidades.

As questões que impulsionam uma compra são as mais diversas, envolvendo fatores mais racionais, como  saída do aluguel, aumento ou diminuição da família, alteração de renda, local ou forma de trabalho, investimento patrimonial, melhoria na mobilidade e infraestrutura até outras mais subjetivas, e, não menos importantes, como as ligadas a aspectos de afetividade com o local, região, familiares e aspectos psicológicos como conquista, prestígio, poder, e outros fatores inconscientes.

Portanto, ao iniciar um planejamento para uma aquisição imobiliária, muitas são as dúvidas.

Comprar um imóvel na planta, pronto, novo, usado para reforma, em que localização, tamanho, tipo e com quais característicasrquitetônicas, são, algumas, dentre  muitas, das incertezas mais comuns.

Devido minha formação, costumo fazer um paralelo, de que o processo de entendimento destas necessidades é muito similar com o “imput” necessário para se desenvolver um projeto de Arquitetura, e, sem uma consultoria adequada, o cliente pode  perder o foco e o “fio da meada”.

duvidas-compra-imovel

Talvez, um dos fatores  responsáveis, seja a forma atual de contratação imobiliária, onde, o vínculo entre o corretor e o cliente é pouco sólido e estreito, pois é baseado em um  comissionamento pós-venda, o que permite ao cliente ser atendido por inúmeros profissionais ao mesmo tempo em um processo, onde a quantidade prevalece sobre a qualidade.

Com a  facilidade ao acesso “on Line”, que, embora  prático, gera muita informação (nem sempre de qualidade),   o trabalho de “clinico geral”, acaba ficando com o próprio cliente, que tem que levantar, gerar e adequar uma enorme quantidade de informações e atendimentos, e,  muitas vezes, somado a falta de clareza de suas “reais necessidades” o torna presa  fácil  de uma “oferta atraente”.

Diferentemente, na área da Arquitetura,  quando o cliente busca um profissional para um projeto, a relação de “intimidade” já se cria com base em outra forma de relação comercial, onde  uma confiança prévia permite desenvolver um trabalho mais estreito e integrado…

Diante de tantos desafios e longe, aqui, de querer elaborar um manual,  uma vez que, considero o conjunto de necessidades muito  pessoal e específico, mas, ao mesmo tempo, tendo presenciado várias escolhas equivocadas, gostaria de deixar ao menos, um “fio da meada” importante para facilitar uma boa aquisição.

comprar-imovel2

Na busca profissional de tentar, sempre, gerar “ o melhor resultado” para o “ser humano” que irá habitar um espaço, em sua grande maioria, por um longo período, seja este,  residencial, comercial, institucional ou outro , acredito que as “palavras mágicas” são “Qualidade de Vida”  e  “ Segurança”, principais questões históricas do ser humano, na sua busca de abrigo.

Questões estas, vistas sob ângulos emocionais, financeiros, físicos,  afetivos e subjetivos como reconhecimento prévio de um conjunto de necessidades pessoais e internas do usuário ou conjunto de futuros usuários de um ambiente.

A análise individual dos  principais aspectos envolvidos (fig. 1) e, como estes se relacionam no momento da compra, assim como, no tempo futuro sob a ótica de otimizar a  qualidade  de vida esperada ou possível, me parecem ser as questões fundamentais para quem busca um espaço para habitar…

São estes fatores que irão resultar em diferentes graus de escolhas com relação  às características do imóvel: proximidades de transportes e infraestrutura, tamanho, segurança, tipo do imóvel (casa, apartamento, condomínio), tipo de aquisição(usado, na planta, novo, com reforma), integração social, sustentabilidade, integração com o local, solução financeira (quitado, financiado, com divida, prazos de pagamentos), Arquitetura e Design, estrutura de lazer e outras, valendo-se  de pensamentos similares de adequação para espaços de diferentes tipos de usos.

aspectos-compra-imovel

 

Muitas vezes, após uma análise mais profunda, o comprador poderá descobrir que  apenas uma reforma do próprio imóvel poderia ser a solução mais viável, outras, uma aquisição de um imóvel usado, mas em boas condições ou de um novo no “osso”, na planta… ou, até, de um projeto e construção personalizado.São muitas as possibilidades, sem falarmos, também, em uma  possível locação.

Entender ao máximo  suas reais necessidades, motivações e possibilidades,  bem como  elencar  e estreitar o relacionamento com profissionais qualificados para auxiliar nesta tarefa de diagnóstico, checagem, solução e segurança documental,  me parecem, por hora, no nosso modelo atual de mercado, a melhor forma de acertar na sua aquisição, seja ela uma compra de novo, usado, reforma ou projeto.

Flavio Erwin Westmann para “serimovel” 18/04/2017

Assista, também,  a palestra,  em que  o Arquiteto e Consultor Imobiliário Flavio Westmann orienta os passos necessários para quem está na busca por uma nova moradia. Descreve a criação de uma ferramenta que denominou “Design de busca imobiliária”, que é   capaz de guiar o comprador em um processo de análise, solução e decisão com maior segurança frente as inúmeras opções e alternativas possíveis e que pode resultar em soluções inusitadas.

(Clique na Imagem abaixo)

Roteiro para escolha e compra de um imóvel com maior segurança

” esta palestra é resultante do cruzamento de minha atuação nas áreas  de  Arquitetura , Design e Consultoria Imobiliária com uma visão Holística que sempre busquei para solucionar questões complexas e ligadas a melhoria da qualidade de vida do ser humano…”

” a área do habitar, seja ela através de um projeto, obra ou aquisição é permeada por anseios e  expectativas que envolvem fatores objetivos e subjetivos, bem como possibilidades e limitações, que, quando não devidamente orientadas, analisadas e estruturadas em uma linha temporal, são capazes de produzir soluções que irão se revelar como frustrações e inadequações”

Flavio Erwin Westmann para “serimovel” 15/03/2018

O estande – uma viagem mágica entre o “espaço” e o “lugar” …

O estande –  uma viagem mágica entre o “espaço” e o “lugar”…

Por Arq. Flavio Westmann para SerImovel – 03/11/2016

foto-1-materia-serimovel-estande-1

Quem já passou pela experiência de buscar um novo imóvel, com certeza, em algum momento, teve a experiência de conhecer um estande de lançamento, ou para quem não está acostumado o chamado  “imóvel na planta” …..

Neste local, somos capazes de assumir a aquisição de um dos maiores sonhos de nossas vidas, cujo valor e prazo de pagamento,  na sua maioria, representam anos e anos de muito trabalho….

E, o mais incrível, é que, neste momento da compra, ele, absolutamente, ainda, “não existe”…ao menos no mundo “concreto”….

Como transformar um “terreno vazio” , onde ás vezes, nem conhecemos a  região e chegamos com o “Waze” em uma referência de um futuro “lar” …

Pois bem, já reparou que ao entrar em um plantão, alguns dos primeiros painéis visíveis que o corretor lhe apresenta localizam o terreno em relação ao bairro, a região e muitas vezes até em relação a cidade(dependendo da envergadura do empreendimento)…

Também, costumam indicar as principais referências em termos de transportes, comércio, serviços e cultura… e, desta forma, você começa a “sentir” que aquele local, já é, um pouco mais familiar, passando a ter  dimensão das distâncias entre  seu trabalho, seus parentes, suas atividades sociais, recreativas e culturais.

Chamamos a isto de sua localização no macro da cidade….

foto2-materia-serimovel-estande-2

* Foto da maquete de localização Macro do empreendimento New Way –  Flavio Westmann

Um pouco mais a frente, o corretor lhe apresenta uma grande maquete, mostrando em detalhes o volume da edificação, a fachada os recuos, os materiais, os acessos, as áreas  de lazer externas (até internas) e o paisagismo…Tem até um homenzinho sentado no jardim e outro de pé no terraço…e, desta forma,  você começa a ter referências da escala do empreendimento, se desligando de que está, apenas, em um terreno vazio……

foto-3-materia-serimovel-estande-3

*foto da maquete no empreendimento “Jardim das Perdizes” – Flavio Westmann

foto-4-materia-serimovel-estande-4

*Foto da maquete do empreendimento Time no Jardim das Perdizes – Flavio Westmann

Nesta pequena viagem, o corretor passa a lhe mostrar vários quadros com  imagens em perspectivas internas das áreas  da edificação como : hall de entrada, espaço gourmet, academia, praças e outras.. Neste ângulo de visão você já é o usuário e está inserido na edificação. A  seguir, lhe encaminha para as  plantas e perspectivas  das unidades com desenhos em detalhes da sala, terraço, cozinha, dormitórios e todos os espaços pertinentes….

A esta altura, no caminhar do macro para o micro, você tem apenas um desejo restante : entrar na “casa dos seus sonhos”….., é quando, então, o corretor lhe convida para conhecer o apartamento “decorado”…..

Na entrada, já tem uma visão ampla da sala, da luz que vem pelo terraço, da integração da cozinha, do conjunto da mobília e da amplitude do apartamento…

Começa, então, a percorrer a sala e reparar em uma linda mesa de vidro preparada para um jantar para 6, 8, 10 pessoas… que a cozinha está integrada com uma bela ilha de granito com um “cooktop”…  e, que ao lado tem uma aparador, uma sala de estar com uma deliciosa “chaise long” em frente a um rack com uma TV de Led……e vai circulando….

foto-5-materia-serimovel-estande-5

*Foto do apartamento decorado pela Arq. Fernanda Marques – Jardim das perdizes – Flavio Westmann

Entra no terraço gourmet, onde  uma bela churrasqueira divide o espaço com uma bancada de um lado e na outra ponta vários vasos  com plantas, flores e até uma grande rede lhe convida a repousar um pouco…

Percorre os dormitórios, os banheiros… e, assim, vai se deliciando com espaços preenchidos por objetos conhecidos : armários, camas com lençóis arrumados, espelhos, estantes com livros, quadros, tapetes…., tem até bonecas e carrinhos nos dormitórios das crianças.

Em determinado instante, começa a tocar alguns objetos, que lhe chamam a atenção pelo volume, pela textura…, quando não, até se senta no terraço ou na sala para apreciar melhor o ambiente, muitas vezes ao som de uma música e de algum delicado aroma …..

Nesta altura, já imagina o local com seus filhos, seu animal de estimação e seus parentes em um delicioso jantar. Está envolvida em   sensações que lhe remetem ao conhecido, a segurança, a proteção, ao acolhimento…,está completamente  localizada no tempo e no espaço….em um “lugar”…

foto-6-materia-serimovel-estande-6

*Foto do apartamento decorado pela Arq. Fernanda Marques – Jardim das perdizes – Flavio Westmann

Se este será o “seu lugar” é um outro capítulo…que irá iniciar, quando lentamente vai deixando o decorado em direção a um local para sentar  e conhecer os aspectos comerciais envolvidos…

Sem querer entrar em aspectos comerciais e de marketing imobiliário,  fica  aqui apenas esta analogia de como um estande é capaz de proporcionar uma viagem mágica entre o “espaço e o lugar….muitas vezes..”o seu lugar”!!!!!!!

OBS: as fotos apresentadas no texto, são fotos de arquivos pessoais de diversos estandes, são apenas ilustrativas , não possuem vínculos nem referências entres as mesmas, ordem cronológica ou outra conotação que não seja ilustrar o texto acima….

Arq. Flavio Erwin Westmann para “serimovel” 03/11/2016

Minhocão de São Paulo…meio “homem, meio lobisomem”…

Por Arq. Flavio Westmann para SerImovel

Objeto de longas discussões entre urbanistas, arquitetos, moradores …e considerado uma “cicatriz urbana” ….o elevado Costa e Silva, mais conhecido como “Minhocão” foi concebido na década de 1960, durante a gestão do prefeito Faria Lima, desengavetado pelo prefeito Paulo Maluf, sendo  finalizado em 1971.

Passando a cinco metros dos prédios de apartamentos, o elevado tem 3,4 quilômetros de extensão e liga a região central à zona oeste da cidade. A obra recebeu diversas críticas, chegou a ser chamado de “cenário com arquitetura cruel” e “uma aberração arquitetônica”.

Foi responsável pela enorme desvalorização e deterioração dos imóveis próximos. Com inúmeros prédios em estado de abandono chegou a ser  cenário de muitas  novelas e filmes que necessitavam de um fundo dramático.

foto-1-serimovel-blog-minhocaofoto2-serimovel-blog-minhocao

Entretanto, com o passar dos anos, através do incentivo de diversas associações locais junto a prefeitura, o mesmo vem incorporando uma nova “vocação” como área de encontro, espaço de lazer e cultura…….. Com restrição de veículos no horário noturno e total nos domingos (recentemente parcial nos sábados, também) o mesmo tem sido palco de feiras gastronômicas, caminhadas, encontros , passeios de bike e de skate, entre inúmeras outras atividades culturais que ocorrem acima, ao seu redor, ou sob o mesmo utilizando seus pilares como telas de artes, entre outras….

foto-3-serimovel-blog-minhocao

foto-4-serimovel-blog-minhocaofoto-5-serimovel-blog-minhocaoMuito tem se discutido sobre o futuro e o destino final que será dado ao mesmo…..

Com a aprovação do Novo Plano Diretor Estratégico (lei nº 16.050/14), o artigo 375 prevê a criação de uma lei específica para a desativação progressiva do elevado para automóveis nos próximos 16 anos.

Visto que o mesmo tem se tornado um “parque espontâneo”, a Prefeitura de São Paulo, analisa o Projeto de Lei (PL) 10/2014 que prevê a desativação gradativa do Elevado e estuda a criação do  Parque Municipal do Minhocão, com inspiração em projetos como o High Line Park, em Nova York (EUA), e o Promenade Planté, em Paris, (França).

foto-6-serimovel-blog-minhocao

foto-7-serimovel-blog-minhocaofoto-8-serimovel-blog-minhocaoRecentemente, também, em uma iniciativa de arquitetos, administradores, advogados, engenheiros e empresários surgiu o Movimento 90°, uma iniciativa para a instalação de Jardins Verticais em grandes fachadas sem janelas ao longo do minhocão. A região do Minhocão possui mais de 100 empenas cegas que poderiam abrigar 58.000 m2 de área verde. Com esse numero em mente, o Movimento vem trabalhando desde 2013 para implementar o Corredor Verde do Minhocão.

foto-9-serimovel-blog-minhocao

Enfim, resta aguardarmos como tudo isso irá se desenrolar…..a verdade é que o “Parque do Minhocão” já começa a  ocupar seu espaço social , cultural e físico na região, ainda, que sem uma arquitetura própria, em uma luta para devolver ao morador local e a cidade um pouco da dignidade em meio ao caos em uma das regiões onde o homem e sua escala foram realmente atropelados

Por hora, ainda, Meio “Homem” meio “Lobisomem”….mas com certeza, já é parte de uma tendência internacional de humanização das grandes metrópoles

Arq. Flavio Erwin Westmann para “serimovel”

*texto publicado originalmente em abril de 2016

Mercado Imobiliário, Compactos com Serviços e Localização Privilegiada são a "Bola Da vez"

Atualmente, comprar um apartamento na planta não é apenas uma opção para futura moradia, e sim , uma das melhores formas de investir com rentabilidade e liquidez. Frente a instabilidade  nos mercados financeiros e a baixa remuneração das aplicações tradicionais o mercado imobiliário ganha cada vez mais espaço junto a pequenos, médios e grandes investidores.

Embora, muitos analistas considerem que o mercado já chegou ao seu limite em termos de valor e que existiria uma tendência para desaceleração das vendas, na prática não é o que vem ocorrendo. É certo, que o comprador está mais cauteloso e exigente na avaliação da localização, das características do empreendimento e principalmente na liquidez e projeção da valorização para cada situação específica.

De olho neste público, os Incorporadores estão lançando uma modalidade de  empreendimentos no conceito “Compactos  com  Serviços”,  em dois tipos básicos de localizações para atrair os investidores:

.  Regiões com Alta Densidade de Edifícios Corporativos, Universidades, Parques, Espaços Culturais e de Convenções, Hospitais, e Bairros já consagrados em infra-estrutura e transportes  tem sido as escolhidas pela facilidade futura de Locação e alta demanda por um usuário final cada vez mais voltado para a otimização de seu tempo com a  praticidade dos serviços e economia de tempo  com o deslocamento urbano. Neste caso, em sua maioria, as regiões já são valorizadas e a principal motivação do comprador investidor  é a aquisição patrimonial com  locação futura do imóvel como renda.

. As outras regiões buscadas são locais  em desenvolvimento, com grande  potencial de  futura  valorização pela  existência de Operações Urbanas em andamento  e ampliação  de futuras linhas de metrô e obras viárias e de infraestrutura.Na sua maioria são Bairros muito próximos de Regiões Valorizadas , mas cujo valor de m2, ainda tem espaço para crescer em função do já citado. A motivação de compra dos investidores nestes casos é o ganho com a valorização do empreendimento durante obras e o futuro repasse do mesmo próximo a entrega.Para muitos, também, é uma opção de futura moradia em boas localizações, embora, em um espaço mais compacto.

São imóveis , cujo aporte financeiro do ticket final de valor, mesmo em regiões valorizadas  são relativamente baixos, em função da metragem reduzida e , que, em sua maioria possuem uma expectativa de alta liquidez e retorno garantidos.

Existem casos no Mercado de São Paulo que apartamentos deste tipo com 40 m2 , com opções de serviços e já previamente decorados chegam a alcançar locações médias de cerca de R$ 8.000,00/ mês e possuem fila de espera para novas reservas.

Não se pode esquecer , que a alta de valores, não se deve somente a demanda. Este Mercado tem características próprias: não trabalha com uma matéria prima de reposição,  ou seja, uma vez comprado e construído em um terreno, o mesmo não tem reposição, ele é único. Portanto, como a oferta de terrenos é finita, este simples fato, já é suficiente para gerar valorização na compra e venda dos terrenos, um dos principais insumos do aumento de custo da produção de imóveis novos…Aliado a fatores como o deficit habitacional, demanda aquecida, melhoria de renda, queda de taxa de juros, baixo comprometimento do PIB com financiamento imobiliário , estabilização da política financeira e uma grande fatia da  populacional em idade jovem  o Mercado Brasileiro deve continuar aquecido pela próxima década….

Empreendimentos como os citados acima, próximos de linhas de metrô, de Universidades , Hospitais, Parques, Shoppings, Vias de Acesso Arteriais, Espaços Culturais e Gastronômicos e Operações Urbanas não são meras apostas, possuem valorização praticamente garantida.

Fenômenos como estes não são frutos de insanidade coletiva e sim de criteriosa avaliação prévia, principalmente de consumidores acostumados a lidar com o capital financeiro, e que estão cada vez mais atuantes no Mercado Imobiliário…

“Autoria : Flavio Erwin Westmann” Eng. Civil, Arquiteto e Consultor Imobiliário”

Blog “Serimovel”

SÉRIE    “COMPACTOS EM LANÇAMENTO/BREVE LANÇAMENTO “

Timbre ADD Vila Mariana Vila Mariana
Helbor Apto Campo Belo Campo Belo – Aerpoorto
Timbre SP Sumaré

 

Sumaré/Perdizes
Timbre One Eleven  Itaim
Timbre Bela Cintra  Bela Vista
Estudio 47  Pinheiros
 Timbre You NowSntacecilia.jpg  Santa Cecilia/Barra Funda
Timbre You Now Aclimação  Aclimação
Wise Santana  Santana

**Consulte sempre um profissional habilitado no CRECI**

_________________________________________________________________________
screenhunter_1016-nov-01-10-07

RALF(Flavio Westmann) , Engenheiro, Arquiteto e  Consultor Imobiliário…,                                         Cau 29827-1– Creci 106919

Contatos: (11)991378800 (11)31593409

 ralf.consultoria@yahoo.com.br , flavioew.consultoria@gmail.com

Aviso de Comercialização

_________________________________________________________________________

 

 

One Eleven By Helbor – Morar e Trabalhar ou Investir na Av. Faria Lima x Av Juscelino Kubitchek

Morar e  Trabalhar,  Comer e se Divertir,  Malhar e Comprar…tudo a pé….na melhor localização de São Paulo…

Esta é a proposta que a Incorporadora HElBOR, uma das mais conceituadas do  País, está trazendo para o seu novo empreendimento ” ONE ELEVEN – home and work by Helbor”

A proposta está alinhada com o conceito de sustentabilidade Urbano “Walk Mobility” , onde se procura diminuir as distâncias  entre as atividades do  usuário do imóvel.

Serão salas comerciais tipo  de 35 a 42 m2 e  duplex de 94 a 130 m2 e unidades residênciais tipo de 52 a 55 m2 e duplex com 1406 a 109 m2.

Fachada One Eleven By HelborFachada One Eleven By Helbor

Planta Tipo Office Helbor One Eleven

ScreenHunter_15 Nov. 09 13.43

Planta Residencial 55 m2 - Helbor One Eleven
Planta Residencial 55 m2 – Helbor One Eleven

A localização, nem é preciso comentar próximo de um dos cruzamentos mais conhecidos da Cidade: Av. Faria Lima x Juscelino Kubitchek …..

O Potencial para Investimento Patrimonial no mesmo é um dos melhores de São Paulo…A Região é a principal escolha das sedes de Grande Multinacionais…

Mapa Comercial da Regiao da Faria Lima x Juscelino
Mapa Comercial da Regiao da Faria Lima x Juscelino

_________________________________________________________________________
screenhunter_1016-nov-01-10-07

RALF(Flavio Westmann) , Engenheiro, Arquiteto e  Consultor Imobiliário…,                                         Cau 29827-1– Creci 106919

Contatos: (11)991378800 (11)31593409

 ralf.consultoria@yahoo.com.br , flavioew.consultoria@gmail.com

Aviso de Comercialização

_________________________________________________________________________

Conheça o IGMI-C – ìndice de Rentabilidade dos Imóveis Comerciais FGV- Ibre

Índice de rentabilidade do mercado brasileiro de imóveis comerciais Índice de rentabilidade do mercado brasileiro de imóveis comerciais

O IBRE lançou no início de 2011 o Índice Geral do Mercado Imobiliário Comercial (IGMI-C), que possui periodicidade trimestral a partir de uma série histórica iniciada no primeiro trimestre de 2000. Após seu lançamento, o IGMI-C vem sendo atualizado a cada trimestre, a partir de uma base crescente de fornecedores de informações sobre a rentabilidade dos investimentos em imóveis comerciais no Brasil.

Paralelamente, o IBRE vem trabalhando na metodologia e obtenção de informações para o lançamento de um segundo indicador – o Índice Geral do Mercado Imobiliário Residencial (IGMI-R), que atualmente está na fase de construção de um protótipo visando a definição final da metodologia de cálculo deste indicador.

Ouça, a seguir, o podcast com o economista Paulo Picchetti apresentando o IGMI-C e o IGMI-R:

http://soundcloud.com/ibre-fgv/indicadores-do-mercado-imobili

Índice em PDF

IGMI-C do quarto trimestre de 2012

_________________________________________________________________________
screenhunter_1016-nov-01-10-07

RALF(Flavio Westmann) , Engenheiro, Arquiteto e  Consultor Imobiliário…,                                         Cau 29827-1– Creci 106919

Contatos: (11)991378800 (11)31593409

 ralf.consultoria@yahoo.com.br , flavioew.consultoria@gmail.com

Aviso de Comercialização

_________________________________________________________________________

 

Praça Pamplona – Sua empresa a poucos metros da Av. Paulista com todos os Benefícios da Região e de um Empreendimento Ligado a Atividades de Pesquisa em Física Teórica.

Praça Pamplona – Sua empresa a poucos metros da Av. Paulista com todos Benefícios da Região e de um Empreendimento que será um novo Ícone no Bairro.

É visível, que não se pode mais pensar em um edifício isolado como um objeto implantado obedecendo apenas características do terreno, legislação e necessidades de uso de um programa bastante específico.

Algumas Incorporadoras acostumadas a desenvolver grandes projetos em escala Urbana estão utilizando seu know-how para  estabelecer em Grandes Centros como São Paulo uma nova safra de empreendimentos imobiliários, que ultrapassam  apelos apenas  comerciais e  possuem características de conexão com a região, o entorno e a própria cidade.

Este fato tem permitido o nascimento de empreendimentos cuja conexão com a cidade se dá muito além dos espaços físicos, como praças públicas, áreas de calçadões e integração com o skyline da cidade.

Tenho acompanhado empreendimentos cuja multifuncionalidade está ocorrendo, também, no programa de utilização do mesmo pelo futuro usuário….Evidente que são frutos de negociações entre o público e o privado e que viabilizam legalmente o empreendimento em sí, mas o que importa…..se o resultado é uma qualidade de espaço Urbano criado

muito adequada.

O Empreendimento aqui descrito, o Praça Pamplona é fruto destes conceitos acima descritos.

O mesmo englobará  em seus espaços escritórios e consultórios, integrados por uma grande Praça Pública, Um Teatro Digital e o maior avançado centro de estudos de Física Teórica do Estado de São Paulo. Foi totalmente preservada e restaurada , ainda, um edifício histórico de 1952 cujo uso apoiará as atividades descritas.

Detalhes da Maquete do futro Lançamento Praça Pamplona Detalhes da Maquete do Futro Lançamento Praça PamplonaDetalhes da Maquete do futro Lançamento Praça Pamplona Detalhes da Maquete do futro Lançamento Praça Pamplona

Salas Comerciais de 32 a 167 m2 e Lajes Corporativas de até 994 m2.

_________________________________________________________________________
screenhunter_1016-nov-01-10-07

RALF(Flavio Westmann) , Engenheiro, Arquiteto e  Consultor Imobiliário…,                                         Cau 29827-1– Creci 106919

Contatos: (11)991378800 (11)31593409

 ralf.consultoria@yahoo.com.br , flavioew.consultoria@gmail.com

Aviso de Comercialização

_________________________________________________________________________

 

Morar na Pompeia é ter qualidade de vida…..

Morar em um local Residencial e com todas as facilidades de um Bairro Consolidado como a Pompeia é ter qualidade de vida em meio a uma metrópole tão agitada.., é ter fácil acesso ao seu trabalho, lazer, cultura, esporte, gastronomia e comércio com o benfício de residir em um local calmo e tranquilo.

Fachada Praça Pompeia Fachada Praça Pompeia

Quando incluímos neste cenário uma área de 3116 m2 com uma grande praça central rica em paisagismo e apenas duas torres com poucos andares e apartamentos muito bem equilibrados o resultado é o que comumente chamamos de “morar bem”….

Conheça mais detalhes em : http://www.serimovel.com.br/imovel/26973-praca-pompeia-pompeia-sao-paulo-sp/

 

_________________________________________________________________________
screenhunter_1016-nov-01-10-07

RALF(Flavio Westmann) , Engenheiro, Arquiteto e  Consultor Imobiliário…,                                         Cau 29827-1– Creci 106919

Contatos: (11)991378800 (11)31593409

 ralf.consultoria@yahoo.com.br , flavioew.consultoria@gmail.com

Aviso de Comercialização

_________________________________________________________________________